Customizações do Android podem ter que passar por aprovação

quinta-feira, 31 de março de 2011


O controle que o Google tem no Android é pouco no cenário atual. Ele permite que fabricantes e operadoras personalizem o sistema como bem quiserem, inserindo desde as lojas próprias de aplicativos a até interfaces customizadas para exibição de mídias no celular. Mas de acordo com fontes do site BusinessWeek esse tipo de regalia pode estar fadada a acabar. Ou ao menos diminuir bastante. Fontes do site dizem que o Google está apertando o cerco em fabricantes de celulares Android.


O muito odiado MotoBlur em um Motorola Defy

As fontes são, segundo o BusinessWeek, ‘uma dúzia de executivos de grandes fabricantes’ que receberam recentemente as novas regras do jogo direto do criador do Android. As novas regras dizem que qualquer empresa que produza celulares Android e personalizar o sistema deverão primeiro ser aprovadas por Andy Rubin, o líder de desenvolvimento da plataforma. Caso não aceitem as novas regras as empresas não terão acesso mais cedo às novas versões do sistema quando o Google desenvolvê-las. E isso pode ser um atraso de vida para aquelas fabricantes que querem liberar seus celulares com o sistema mais novo o mais rápido possível.

Por um lado pode parecer um pouco hipócrita do Google querer controlar um sistema que começou aberto e livre para customizações. Mas por outro lado, se a gigante da web exercer um certo controle de qualidade no que as fabricantes criam para o sistema, podemos ver uma melhoria considerável nos TouchWizes (Samsung), MediaScapes (Sony Ericsson) ou MotoBlurs (Motorola) da vida. E qualquer coisa que deixe essas customizações mais fáceis de usar e menos intrusivas recebe meu total apoio.

Fonte: Tecnoblog

 
© 2009 | MALINUS | Por Templates para Você