Windows 7 tem menos infecções que o XP

segunda-feira, 16 de maio de 2011



Muitos vão achar isso óbvio, mas um novo relatório revelou que a taxa de infecção por malwares do Windows 7 é muito menor que a do Windows XP.

A edição mais recente do Security Intelligence Report,
disponibilizado pela Microsoft aqui, fornece informações sobre a segurança do Windows, aplicativos e Web durante o ano de 2010.

O relatório revelou que o Windows XP SP3 tem uma taxa de infecção média de 15,9 computadores a cada mil analisados. No Windows Vista este número cai pela metade: 7,5 computadores a cada mil. Já no Windows 7, a taxa de infecção é de 3,8 computadores a cada mil analisados.

As edições 64 bits do Windows Vista e do Windows 7 possuem taxas de infecção ainda menores: 5,3 e 2,5 computadores infectados a cada mil analisados, respectivamente. Estes números mostram que a edição 64 bits do Windows 6 tem seis vezes menos chances de ser infectada do que o Windows XP.

A Microsoft explicou que a baixa taxa de infecção nas edições 64 bits em seu relatório: “Uma razão para isso é que as versões 64 bits do Windows ainda são usadas principalmente por usuários mais experientes, e por consequência mais cuidadosos”. “O Kernel Patch Protection (KPP; também conhecido como Patch Guard) é um recurso específico das versões 64 bits do Windows que protege o kernel do sistema contra modificações não autorizadas e também pode ter contribuído para a baixa taxa de infecções”, concluiu a empresa.
Fonte: Baboo

 
© 2009 | MALINUS | Por Templates para Você