Câmera minúscula faz fotos em alta definição

domingo, 31 de julho de 2011



Câmera minúscula faz fotos em alta definição.

Essa mini câmera digital faz fotos com resolução 3264 × 2448 e vídeos em 1280 × 720 pixels em formato HD.

A Chobi Cam One HD conta com visor digital, add-on zoon, lente grande angular e lente fisheye (opcionais). O cartão de memória, microSDHC (opcional) suporta até 32GB de armazenamento de arquivos, transferíveis via USB.

A câmera é capaz de fazer até 25 minutos de imagens em vídeo em formato AVI. As fotos produzidas são finalizadas em formato JPEG.

A bateria leva uma hora para ser carregada. Suas configurações são próprias para uso em Windows 7, Vista, XP e Mac OS X 10.4.

A câmera custa US$ 185 , já as lentes variam de US$ 30 a US$ 60 cada.

Fonte: Lazer Tecnologia

► Leia mais...

Projetor compacto reproduz imagens diretamente do computador


Lançamento cabe na palma da mão e projeta tela de até 73" em superfícies planas

Produto acompanha carregador, cabo USB, manual e capa

Produto acompanha carregador, cabo USB, manual e capa

A Aiptek do Brasil lança no país o Projetor USB Pocket Cinema T25, equipamento compacto que reproduz os arquivos e imagens gravados diretamente no computador de mesa ou notebook.

O lançamento cabe na palma da mão e projeta tela de até 73" em superfícies planas. É projetado para ser usado tanto nas apresentações de negócios como nos momentos de lazer, garantindo praticidade à apresentação de gráficos, planilhas, fotos e vídeos.

O Projetor USB Pocket Cinema T25 tem ainda resolução SVGA com tecnologia óptica LCoS, luminosidade de 25 lúmens, e como é alimentado pela porta USB, não necessita de bateria adicional ou carregador.

O preço médio sugerido é de R$ 1.399,00 (valor válido até o final de agosto de 2011). Acompanham o produto: carregador, cabo USB, manual e capa.

Mais informações no http://www.aiptekbrasil.com.br/

Fonte: MSN Tecnologia

► Leia mais...

Lancha que imita golfinho faz manobras e navega submersa na água



A tecnologia cada vez mais utiliza animais para se basear em novas máquinas e recursos para a sociedade moderna. E a mais recente inovação disso é a Seabreacher, uma lancha produzida pela Innerspace que “se comporta” como se fosse um golfinho.

Além de fazer manobras como girar em torno de si própria, a embarcação desliza sobre a água a mais de 60 Km por hora e também fica submersa na água. Ela tem lugar para duas pessoas, sistema de iPod e GPS, além de um monitor LCD para projetar imagens externas.

Quanto a sua potência, para que tudo funcione como um golfinho de verdade, são necessárias 1500 cilindradas e 260 cavalos de potência no motor.

A Seabreacher é vendida por US$ 50 mil. E a Innerspace, que produziu a lancha, tem diversos tipos de modelos da série.

Fonte: Techguru

► Leia mais...

Provedores de internet investem em TV a cabo



A abertura do mercado de TV a cabo, autorizada no ano passado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e regulamentada em junho deste ano, já movimenta pequenos provedores de internet nas cidades do interior do País. Com a expectativa de que novas outorgas para a prestação do serviço serão concedidas até o fim do ano, esses empresários começaram a substituir a banda larga via rádio por redes de fibra óptica, que têm capacidade de fornecer internet, telefonia e serviços pagos de TV.

Neste ano, pela primeira vez, as associações que reúnem os pequenos provedores participarão do evento anual da Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA), que será realizado entre os dias 9 e 11 de agosto em São Paulo. Os empresários dividirão o estande com a Telebrás. "Esse é o momento claro de se aproximar desses empreendedores, porque eles terão papel muito importante nos próximos anos", diz Alexandre Annenberg, presidente da entidade.

Com as mudanças feitas pela Anatel, os provedores podem conseguir uma licença pelo valor fixo de R$ 9 mil. Antes, as autorizações eram concedidas apenas por meio de um leilão - o último ocorreu há uma década.

Dos 3 mil provedores de internet espalhados pelo País, 2,5 mil têm licença para oferecer serviços de comunicação multimídia. Alguns deles, já operam em telefonia, mas querem transmitir também conteúdo para TV. "O mercado depende de pacotes", diz Marcelo Siena, presidente do Conselho Nacional das Entidades de Provedores de Serviços de Internet (Conapsi). "Só com internet, o provedor fica em desvantagem competitiva." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: G1

► Leia mais...

TIM e Claro estão na segunda posição da telefonia móvel


A TIM conseguiu alcançar a Claro no rank da telefonia móvel no Brasil, ambas estão na segunda posição.

Segundo os divulgados nesta terça-feira (26) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) a Claro e TIM possuem 25,55% do mercado nacional, enquanto a Vivo continua lider com 29,47%.

No total, são mais de 217,34 milhões de linhas moveis no Brasil, e o número vem crescendo, a densidade de celular por pessoa já é de 111 linhas para 100 habitantes.



Fonte: Guiky
► Leia mais...

Mozilla terá sistema operacional móvel

quinta-feira, 28 de julho de 2011


Criadora do navegador Firefox prepara programa em código aberto para smartphones e tablets

B2G terá hospedagem para aplicativos e documentos na nuvem

B2G terá hospedagem para aplicativos e documentos na nuvem

A Fundação Mozilla, responsável por criar o popular navegador Firefox, revelou nesta terça-feira que irá desenvolver um sistema operacional móvel para smartphones e tablets. O embrionário sistema já tem um nome, será B2G, abreviatura de Boot to Gecko.

O sistema será em código aberto para que lojas e aplicações funcionem em diferentes plataformas, uma alternativa encontrada pela Mozilla para competir com o iOS, da Apple, e o Android, do Google, que dependem de kits de desenvolvimento fornecidos pelas empresas.

O B2G também terá hospedagem para aplicativos e documentos na nuvem, podendo ainda incluir telefonia, SMS, câmera, porta USB, conexão Bluetooth e tecnologia NFC.

A Fundação não informou a data de lançamento do novo sistema operacional móvel e nem detalhes de como ele será desenvolvido.

Fonte: wiki.mozilla

► Leia mais...

Sony anuncia Cyber-shot de 16 megapixels que filma e tira fotos ao mesmo tempo



A Sony anunciou um novo modelo de câmera fotográfica digital para o mercado japonês, que, por enquanto, leva o título de câmera full HD mais fina do mercado, já que ela tem só 12,2mm de espessura. É a Sony Cyber-shot DSC-TX55.

No entanto, os destaques da câmera são os diversos recursos a mais que outros aparelhos da categoria não tem. Para começar, ela traz uma tecnologia chamada “By Pixel Super Resolution”, uma espécie de zoom digital 5x mas que mantém a qualidade total da foto, com resolução máxima de 16,2 megapixels.

Além disso, a câmera tem uma tela OLED de 3,3 polegadas e função de tirar fotos de 12 megapixels enquanto filma em HD. Entre outros recursos estão um estabilizador eletrônico, foco automático e um modo de fotografia panorâmica que tira fotos de até 43 megapixels. Para completar, a câmera tira fotos em 3D com a lente comum. Para fazer isso, ela tira duas fotos seguidas e depois ajusta-as para dar o efeito.

A previsão para o lançamento da Sony Cyber-shot DSC-TX55 chegar no mercado do Japão é para setembro deste ano. E ela sairá por cerca de US$ 350.

Fonte: Techguru

► Leia mais...

Novos Modelos de Pagamento Futurista


Atualmente existem diversas formas de pagamentos de uma aquisição de um produto ou serviço, seja por: cartões de crédito, boletos bancários, carnês, sistemas de pagamento virtual, como o PayPal. Mas em breve novos meios invadirão o mercado.

Imagine pagar uma conta pela própria conta do Twitter, ou ainda, fazer compras em uma loja convencional e debitar o dinheiro através de um identificador exclusivo, que não precise de nenhuma assinatura ou senha? Pode até parecer algo surreal, mas se pararmos para analisar, esse é um futuro que não está tão distante assim. Afinal a tecnologia tem invadido os últimos tempos.

Pagamentos em redes sociais

Os sistemas de pagamentos digitais pela internet que circulam no momento são: PayPal e o PagSeguro. Eles são agregadores de formas de pagamento, na qual o dinheiro do usuário é enviado para estas operadoras e elas se encarregam de repassar o pagamento.

Essas plataformas são proprietárias e vinculadas às lojas virtuais, que adquirem o serviço destas operadoras e apresentam as opções de pagamento fornecidas por eles, porém, para isso é preciso um cadastro prévio na loja virtual, ou no próprio serviço de pagamentos.

Uma opção que em breve estará sendo utilizada é de usar a própria conta das redes sociais, na qual, a partir do login em redes como o Twitter ou o Facebook, o usuário poderá realizar o pagamento. Esta já é uma aposta do Mercado Pago, serviço de pagamento do Mercado Livre.

Celulares leitores de cartão

A empresa Square, criada pelos fundadores do Twitter, almeja fornecer às pessoas físicas ou jurídicas aplicativos que permitem o pagamento de valores a partir de dispositivos com iOS (iPad, iPhone), o sistema operacional de pequenos aparelhos da Apple; ou com Android, o sistema para celulares do Google.

No Brasil a Cielo já possui um aplicativo parecido, podendo ser usado por profissionais liberais, como dentistas e psicólogos, para o recebimento de suas consultas.

Dispositivos específicos

Desde 2004, um consórcio de empresas de tecnologia e de pagamentos desenvolveu a NFC (Near Field Communication). O sistema consiste em um chip que é conectado a dispositivos móveis e pulseiras, tornando estes objetos capazes de se comunicarem com outros dispositivos de cobranças, parecido com o que acontece com os cartões eletrônicos usados no transporte público.

Com o dispositivo equipado com essa tecnologia, o usuário poderá pagar o ingresso do futebol automaticamente, como por exemplo: bastando aproximar o celular da catraca do estádio.

Chip identificador

A Speedpass, empresa americana ligada ao setor de combustível já possui um chaveiro capaz de debitar valores a partir de bombas de combustível e lanchonetes conveniadas ao sistema.

O chip acoplado se comunica por rádiofrequência, contendo todas as informações do usuário, incluindo os documentos e dados financeiros. Com isso é capaz de debitar o dinheiro da conta a partir de compras feitas em empresas filiadas a este serviço.

Fonte: TopNews

► Leia mais...

MS-DOS completa 30 anos


Nesta quarta-feira (27) o MS-DOS está completando 30 anos de história.

Foi no dia 27 de julho de 1981 que a Microsoft comprou o "86-DOS" e o transformou no MS-DOS, por apenas US$ 50 mil, para ser comercializado junto com os PCs da IBM, o que gerou uma enorme fortuna, fazendo com que Bill Gates se tornasse um dos homem mais ricos do mundo.



Fonte: Guiky
► Leia mais...

Como comprar da China sem pagar frete


O comércio eletrônico tem ganhado força. A cada ano, o número de vendas realizadas pela internet tem aumentado, tornando esse tipo de atividade extremamente rentável para as lojas e econômica para os consumidores.

No início, os internautas tinham medo de adquirir produtos por esse tipo de transação. O fato de ter que informar alguns dados pessoais e de não ter o objeto em mãos ao pagar por ele sempre foi motivo de muita desconfiança. Todavia, os usuários estão perdendo seus medos e a compra pela internet está virando algo comum no dia a dia dos “consumidores virtuais”.

Uma das grandes vantagens de usar o comércio eletrônico é que você pode comprar aparelhos eletrônicos, itens de decoração, roupas, brinquedos, gadgets, material de escritório e o que mais desejar de qualquer parte do mundo. Nesse ramo, as lojas virtuais chinesas têm obtido grande sucesso devido aos preços baixos e ao frete grátis.

Com isso, o Tecmundo resolveu criar este guia para que seus leitores fiquem antenados com as formas mais seguras de comprar da China pagando menos. Para ilustrar os procedimentos, escolhemos um serviço que tem aumentado sua popularidade no Brasil: o DealExtreme.

Pré-requisitos

  • Conexão com a internet;
  • Conta no PayPal ou outro serviço do gênero;
  • Cartão de crédito internacional para compras diretas.

Contas necessárias

Para comprar pelo DealExtreme, a forma mais fácil de fazer o pagamento e fechar a aquisição é por meio do PayPal, um serviço que permite a transferência de valores monetários entre indivíduos ou pessoas físicas e jurídicas (consumidores e lojas virtuais, respectivamente). Você ainda não possui uma conta nesse serviço? Para aprender como fazer a sua, leia o artigo “Como usar o PayPal”.

O próximo passo é criar sua conta no DealExtreme. Contudo, isso é dispensável para realizar a compra, pois esse e-commerce não exige que o consumidor tenha um cadastro – já que ele oferece pagamentos por outros serviços, como o PayPal. Porém, caso você queira receber notícias com novidades dessa loja virtual e até ganhar alguns bônus de compra, é interessante criar o seu registro.

Clique aqui para acessar a página de cadastro do DealExtreme. Preencha todos os dados solicitados no formulário exibido (1), marque a caixa de diálogo “Subscribe to get weekly exclusive CouponCode for any orders” caso tenha interesse me receber cupons de desconto (2) e pressione o botão “Create Account” (3).

Ampliar

Feito isso, será enviada uma mensagem eletrônica para o endereço de email informado. Nela existem o link e o código de ativação da sua conta. Clique no link correspondente a “Activation Link” (4) para ser redirecionado à página de confirmação do cadastro. Caso seja solicitado o código de ativação, copie os numerais referentes a “Activation Code” (5) e cole-os no campo requerido.

Enchendo o carrinho

Com as devidas contas criadas, você está pronto para iniciar a busca pelos objetos que deseja adquirir. Basta acessar a página do DealExtreme e procurar por aquilo que lhe interessar. Na tela inicial do site, na lateral esquerda, você pode visualizar um menu com todas as categorias de produtos (6).

Ao posicionar o mouse sobre uma delas, são exibidas as subcategorias, nas quais estão listados todos os itens comercializados pelo serviço de vendas virtuais (7). Clique na seção desejada para conferir os produtos disponíveis.

Ampliar

Na grade de visualização geral, além das imagens, são informados o preço, a descrição básica e a quantidade de comentários de cada item. Para conferir mais detalhes dos objetos, clique sobre as figuras para acessar a página com as especificações.

As seções “Overview” e “Specifications” (8) trazem os dados mais relevantes sobre o produto observado – como dimensões, peso, funcionalidades, design e resistência. O símbolo de um planeta seguido pelo texto “Worldwide Free Shipping” (9) significa que o frete para aquele item é grátis para todo o mundo.

Encontrou o que queria? Defina a quantidade a ser comprada no campo “Qty” (10) e pressione o botão “Add to Cart” (11) para adicionar o objeto ao seu carrinho virtual. Repita os passos 8 a 11 para todos os produtos que desejar.

Ampliar

Na hora de pagar

Com todos os produtos desejados no carrinho, chegou a hora de finalizar a compra. Para isso, clique na opção “My Cart – X item(s) Checkout” (12) – localizada no canto superior direito do menu superior do DealExtreme. Ao realizar essa ação, você é redirecionado para a página de fechamento da aquisição. Chegou a hora de escolher como pagar.

PayPal

A primeira opção de pagamento é por meio do PayPal. Esse é considerado o modo mais seguro, pois não exige que o comprador informe dados de cartão de crédito. Confira se os produtos que estão sendo incluídos na compra são realmente aqueles que você escolheu. Caso queira excluir um item do carrinho, clique no botão “Remove” da seção “Options” (13).

Certifique-se de que a caixa de diálogo “I agree to the DealExtreme.com Terms and Policy”, localizada abaixo da área “Terms and Policy”, esteja selecionada. Em seguida, pressione uma das formas de pagamento ofertadas.

A diferença para entre os métodos 1 e 2 é o tempo de verificação do crédito disponível para a sua conta bancária com a operadora do cartão. As bandeiras disponíveis são Visa (exceto Visa Electron), MasterCard e Diners. A primeira opção opera com um processo mais rápido, sendo a mais indicada para quem está com pressa (14).

Ampliar

Na página aberta, selecione “Have a PayPal account”. Insira os seus dados de login no PayPal para dar continuidade ao procedimento. Confira se as informações cadastrais estão corretas, principalmente endereço e email de contato. Se tudo estiver certo, clique no botão “Continuar”.

Uma segunda página de confirmação cadastral é exibida. Como prevenir é a melhor saída, faça uma nova conferência nos dados apresentados. Enfim, pressione “Confirm Order” (15) para finalizar a ordem de compra. Com isso, duas mensagens devem ser enviadas ao seu email, uma do PayPal referente à transferência executada e outra do DealExtreme com as informações da compra, com as quais você poderá rastrear sua aquisição.

Ampliar

Cartão de crédito internacional

Outra forma de pagamento é por meio do cartão de crédito internacional. Em vez de selecionar o PayPal no passo 14, você deve optar por “Check out with Credit Card” (16). Ao pressionar esse botão, será apresentado um formulário para que você informe seu nome, endereço, telefone, email e código postal (17). Depois de preencher os campos requeridos, marque a caixa de diálogo “Save to my address book” (18) caso queira salvar seu endereço e pressione “Ship to this address” (19).

Na tela seguinte, clique no link “Use my shipping address” para utilizar os dados fornecidos anteriormente. Insira o número, a data de expiração e o código de segurança do seu cartão de crédito (20). Pressione o botão “Continue” (21) para dar sequência ao processo.

Para finalizar a compra, você é redirecionado para uma página com todos os dados da compra, na qual você deve conferi-los e clicar em “Place your order” (22).

Rastreando sua compra

Se você chegou até esse tópico, os objetos selecionados serão enviados para o endereço de destino informado. Contudo, é importante ficar de olho no trâmite da sua aquisição. O DealExtreme oferece uma ferramenta de rastreamento da carga, pela qual você poderá acompanhar o caminho dos itens adquiridos.

Clique no menu “Order Tracking” no menu principal do serviço de comércio eletrônico. Na página aberta, insira o número da ordem de compra enviada para o seu email, informe o seu endereço eletrônico (23), selecione a opção “1. Track Order (and see a list of all tracking numbers)” (24) e pressione o botão “Track Order” (25).

Com isso, será exibida a situação da encomenda. A principal informação está na seção “Status”, na qual fica explicitada em que trâmite a compra está naquele momento.

Dicas quentes

Obviamente, não existe apenas o DealExtreme para compras online diretamente da China. Outro serviço que você pode experimentar é o Focalprice, o qual também é confiável. Nada impede que os internautas procurem por lojas alternativas, contudo, é essencial que se tenha muita cautela na hora de fechar uma compra.


Fonte: Tecmundo
► Leia mais...

Novo Google Maps permite baixar mapas para uso offline

segunda-feira, 11 de julho de 2011


Nova versão do programa de localização do Google funciona no Android 2.1 ou superior

Recurso é experimental e precisa ser ativado manualmente no Google Labs

Recurso é experimental e precisa ser ativado manualmente no Google Labs

Um dos mais interessantes (e úteis) recursos da nova versão do Google Maps para Android, lançada na semana passada, é a opção de baixar mapas para uso offline - uma antiga reivindicação dos usuários.

Este recurso é importante para quem vai viajar em regiões onde a conexão é irregular, ou simplesmente quer evitar pagar taxas de roaming, valores pagos pelos usuários quando utilizam redes de telefonia móvel fora da área de concessão de suas operadoras.

Para ativar o recurso de baixar mapas, você precisa ir até a área de menu do Google Maps. Depois selecionar “Mais”, apertar “Google Labs e selecionar “Fazer download de área do mapa”.

O Google Maps fará download da área num raio de 16 km ao redor do ponto que você selecionou. Para editar o nome de um mapa basta pressionar o botão em forma de lápis ou em forma de X para excluí-lo. É muito simples.

Para facilitar ainda mais as coisas, o site “androidcentral” gravou um vídeo mostrando passo a passo o processo. Clique aqui para assistir (em inglês).

O Google Maps 5.7, última atualização do programa do Google que permite a localização geográfica de locais, também apresenta novos recursos, como a funcionalidade “navegação de trânsito”, que explica ao usuário qual linha de transporte publico pegar para chegar ao destino. O download é gratuito e funciona no Android 2.1 ou superior.

Fonte: MSN Tecnologia

► Leia mais...

Projeto de Lei que Determina a Venda de Meia-Entrada pela Internet é Aprovada pelo Senado



De acordo com a Agência do Senado, um projeto de lei que exige a venda de meia-entrada nos ingressos vendidos pela internet, foi aprovado na ultima quinta-feira (7/7) pela Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado (CMA).

O projeto diz que: a empresa que não disponibilizar a venda de meia-entrada pela internet, fica sujeita as medidas repressivas previstas no Código de Defesa do Consumidor. Mas a lei também define que, para ter direito à meia-entrada, o consumidor deve apresentar os documentos necessários no ato da entrada ao evento. Outra determinação prevê que, o cidadão que não puder comprovar que tem direito à meia-entrada poderá complementar o pagamento para ter o ingresso com o valor integral.

O projeto de lei baseia-se em uma proposta do deputado federal Felipe Bornier, que tramitou no Senado e na Câmara. Em 2008 quando Bornier apresentou o projeto, o deputado destacou que haviam empresas que se renunciavam a vender meia-entrada quando a venda era feita pela internet.

Fonte: TopNews

► Leia mais...

Botão do Google, '+1' já é mais popular que o botão do Twitter


O botão do Google, lançado a pouco mais de 1 mês, já é mais popular que o botão 'tweet' do Twitter, segundo dados da SEO BrightEdge.

Segundo dados da empresa SEO BrightEdge, o botão +1 do Google, está presente em 4,5% dos sites, enquanto botão 'tweet' lançado a cerca de 10 meses, está em 2,1% dos sites.
Enquanto isso, o botão 'Like', do Facebook segue em liderança, estando em mais de 10,8% das páginas.



Fonte: Guiky
► Leia mais...

Google anuncia o lançamento do primeiro e-Reader compatível com a sua loja de livros, o Story HD


O Google faz nesta segunda-feira, 11 de junho, o lançamento do Story HD, o primeiro e-reader compatível com o Google Books. As vendas se iniciam no próximo domingo, 17 de julho, nos Estados Unidos, nas Lojas Target. O preço de US$ 139,99 é igual a e-readers similares, como o Kindle, da Amazon.


O gadget fabricado pela iRiver terá tela de 6 polegadas, resolução de 1024 x 768 pixels e processador Coretx A8 de 800MHz. Além disso, o Story HD conta com teclado QWERT, o que facilita na hora de buscar por livros. O e-reader também possui 2GB de memória, com possibilidade de ser aumentada através de cartões SD.

O aparelho possui acesso para a loja online de eBooks do Google, que também oferece livros gratuitos. Já são 3 milhões de conteúdos gratuitos e centenas de milhares pagos. Será possível baixá-los via Wi-fi, sem a necessidade de um computador para a transferência de conteúdo.


Fonte: Superdownloads
► Leia mais...

O que é OEM?


Descubra o significado dessa sigla e as diferenças dos produtos que se enquadram como tais.

Adquirir produtos originais nem sempre é tarefa fácil. Muitos consumidores que buscam agir na legalidade acabam encontrando dificuldade para identificar se estão comprando o aplicativo que desejam. Muitas vezes, a dúvida permanece em único quesito: devo optar por um software OEM?

Essa mesma situação ocorre com compradores que desejam atualizar a configuração de hardware. O duelo entre os produtos “BOX” e “OEM” é famoso, porém, as justificativas que são dadas para que os consumidores busquem peças OEM nem sempre são verdadeiras. Como de praxe, o Tecmundo sanará algumas dessas dúvidas hoje.

O que significa OEM?

A sigla OEM significa “Original Equipment Manufacturer”, que em português quer dizer “Fabricante Original do Equipamento”. Produtos com o “selo” OEM não são fabricados para a venda direta ao consumidor. Esses itens são produzidos especialmente para montadoras. A lista de empresas que usa softwares e peças OEM é bem grande. Entre tantas marcas, temos a HP, a Dell, a Positivo, a Sony e muitas outras.


Drive de DVD da Sony que aparenta ser um OEM (Fonte da imagem: Divulgação/Qurren)

Computadores com aplicativos OEM, normalmente, vêm com os softwares devidamente instalados. Entretanto, eles não são idênticos aos que são comprados em uma loja de informática. Os aplicativos OEM não vêm com caixa, manual, cabos e disco de instalação. Contudo, o conteúdo propriamente dito é exatamente o mesmo.

Por que tão barato?

O primeiro motivo para o preço cair significativamente é a aquisição em grandes quantidades. Como você deve imaginar, a HP, por exemplo, vende uma quantidade significativa de computadores. Com isso, ela firma contratos com as fabricantes para adquirir licenças (do Windows, Office e outros) e dispositivos de hardwares (processadores, memórias e tudo mais que for necessário) aos milhares.

Outro motivo para a redução do custo é a garantia mais curta. As montadoras tendem a oferecer o mesmo tempo de garantia para toda a máquina, fator que faz com que as fabricantes (do software ou do hardware) não precisem se preocupar com manutenções de um produto por um tempo prolongado.


Produtos OEM da Microsoft (Fonte da imagem: Reprodução/Microsoft)

A terceira grande razão para que um produto OEM seja mais barato é a falta de “beleza”. Se tomarmos um processador como exemplo, seja um AMD ou um Intel, podemos ver que os modelos BOX vêm com caixa, manual, cooler e demais itens. Já se for um modelo OEM, ele não trará nada disso, o que reduz o custo final.

A ilegalidade sempre presente

Como você pôde perceber, os produtos OEM são fabricados exclusivamente para montadoras de PCs. Itens de hardware, em sua maioria, e softwares OEM que são vendidos em sites de informática, por exemplo, são comercializados ilegalmente.


Placa exclusiva para montadoras (Fonte da imagem: Reprodução/AMD)

Salvo raras exceções, os produtos OEM não são direcionados ao consumidor final, justamente porque a fabricante teria um prejuízo absurdo em vender poucas unidades. Se você estiver buscando adquirir um processador, por exemplo, até pode conseguir um modelo OEM direto com o fabricante. Todavia, se a CPU em questão estiver sendo vendida em algum site, que não seja o oficial, pode ter certeza de que é um produto ilegal.

O barato pode sair caro

Na onda de adquirir produtos OEM para aproveitar os preços reduzidos, alguns consumidores são enganados facilmente. Muitos vendedores usam de astúcia para se livrar de produtos usados, pois considerando que os produtos OEM não têm caixa nem outros itens de fábrica, tudo que o vendedor faz é colocar o item usado em uma embalagem qualquer e repassar como se fosse um OEM.

O truque usado pelos vendedores é meio óbvio, porque, além de não precisar fornecer uma embalagem original, eles não precisam se preocupar com o aspecto físico. É muito difícil o comprador identificar que o produto já foi utilizado, salvo exceções (como nos processadores, que é bem fácil perceber que já foi utilizada pasta térmica).

Produtos Exclusivos

Os softwares OEM dificilmente são exclusivos para computadores das montadoras, pois, de maneira geral, as desenvolvedoras desejam vender o mesmo produto para consumidores que adquiriram um PC com os aplicativos já instalados, como também para os compradores que optaram por obter o programa separadamente.


Placas de vídeo AMD Radeon exclusivas para as montadoras (Fonte da imagem: Reprodução/AMD)

Já os componentes de hardware diferem um pouco. As fabricantes, como a NVIDIA e a AMD, fornecem placas de vídeo exclusivas para o setor OEM. Isso significa que é impossível possuir determinados modelos de placas, visto que somente as montadoras terão acesso a elas. Em geral, os produtos “exclusivos” não são top de linha, de modo que o consumidor final não perde nada em adquirir um dos demais componentes disponíveis (que quase sempre são mais fortes que os OEMs).

O que você pensa sobre esses produtos?

De maneira geral, os produtos OEM não são piores que os comuns, todavia, eles deixam o consumidor sem a embalagem original e alguns outros itens. A garantia é um dos principais fatores que faz com que muitas pessoas não busquem esses tipos de produtos, ainda mais que as fabricantes não cobrem os produtos vendidos por terceiros.

Enfim, ocorre que muita gente já adquiriu produtos OEM, mas isso não significa que elas possuem um produto de baixa qualidade.

Fonte: Baixaki






► Leia mais...

ESA vai enviar câmera de 1 bilhão de pixels para estudar o espaço

sábado, 9 de julho de 2011


A Agência Espacial Europeia (ESA) vai enviar uma super câmera de 1 bilhão de pixels para auxiliar no estudo do espaço

A câmera possui 106 detectores eletrônicos, que conseguem capturar a imagem numa resolução de 1 bilhão de pixels, além de ser capaz de detectar estrelas onde sua luminosidade é 1 milhão de vezes menor do que o olho humano pode perceber.

O equipamento vai ser enviado na missão Gaia, onde eles vão estudar a Composição, formação e evolução da Via Láctea. Essa é será a maior câmera digital já enviada para o espaço.

"Enquanto a visão humana pode ver milhares de estrelas em uma noite limpa, a operação traçará um mapa com bilhões de estrelas dentro de nossa galáxia e suas vizinhas", declarou a ESA em seu site oficial.




Fonte: Guiky
► Leia mais...

Hackers usam convites do Google Plus para aplicar golpes na internet

quinta-feira, 7 de julho de 2011



Perfil malicioso no Google+ oferece aplicativos piratas para iPhone (Foto: Reprodução/GFI)
Perfil no Google+ oferece aplicativos
piratas para iPhone (Foto: Reprodução/GFI)

A empresa de segurança GFI alertou para sites na internet que oferecem convites para a nova rede social do Google, o Google+, mas não entregam o prometido e exigem que o internauta faça downloads ou preencha cadastrados, cedendo suas informações pessoais. Em um dos golpes, um perfil falso na rede do Google+ oferece programas piratas cujo download traz conteúdo malicioso ao computador.

A primeira fraude detectada pela GFI é um vídeo no YouTube que oferece “convites gratuitos” para o Google+. Ao tentar se aproveitar da “oferta”, porém, o internauta é obrigado a preencher um questionário. Depois, um download é oferecido. A GFI não conseguiu acessar o arquivo porque o servidor estava fora do ar, mas acredita que o conteúdo era spam ou outro lixo virtual.

Outro problema detectado pela empresa é um perfil no Google+ oferecendo apps gratuitos para iPhone. Seguindo o link oferecido no perfil, a página oferece programas “crackeados”. Dependendo dos links que o usuário clicar, ele terá de pagar para realizar os downloads – concretizando o golpe.

Convites do Google+ estão instáveis porque o Google está ativando-os dependendo da carga recebida pela rede social. Logo, mesmo convites enviados podem não estar funcionando. É improvável que qualquer oferta de convites para a rede seja verdadeira.

Ainda é possível encontrar na internet ofertas de venda de convites para o Google Wave, um serviço já descontinuado pelo Google.

Fonte: G1

► Leia mais...

Como funciona o antivírus


Existem basicamente duas formas de detectar um arquivo infectado no seu computador: comparando cada um deles com uma lista de vírus conhecidos ou identificando um comportamento estranho de determinados aplicativos (o que pode indicar uma infecção).

É com essas duas abordagens que as principais ferramentas existentes no mercado conseguem protegê-lo contra a invasão de vírus, antes mesmos deles causarem algum dano ao seu computador ou roubarem seus dados pessoais.

Vírus estão à nossa volta, mas a melhor arma contra eles é o bom comportamento dos usuários (Foto: Reprodução)
Vírus estão à nossa volta, mas a melhor arma
contra eles é o bom comportamento dos usuários
(Foto: Reprodução)

O primeiro método de detecção é o mais eficiente, já que ele se baseia em uma lista negra de vírus que já foram encontrados em outros computadores (e esta lista é atualizada frequentemente, o que aumenta as chances de encontrar arquivos infectados por vírus recém descobertos).

Durante essa varredura o aplicativo faz uma comparação minuciosa dos dados que compõe os seus arquivos. Se, durante essa verificação, o resultado for igual ao de algum vírus que já faça parte da lista, o arquivo é colocado em "quarentena".

Essa quarentena é uma etapa intermediária antes da exclusão propriamente dita do arquivo infectado. Nessa etapa, o antivírus moverá esse arquivo para algum lugar separado no seu disco rígido, evitando que a infecção se propague. Uma vez na quarentena, você terá a opção de tentar limpá-lo, caso a infecção tenha sido feita por algum vírus que não corrompa as informações originais (no caso de documentos do Word ou arquivos do Power Point, por exemplo). Caso contrário, a única opção que o antivírus te dará será o de excluí-lo e, se houver como, recuperar a versão anterior de algum backup.

Fonte: Techtudo

► Leia mais...

Apple comemora 15 bilhões de downloads na App Store


Alegria, muita alegria. Steve Jobs deve estar realmente satisfeito por anunciar que a App Store bateu mais um recorde. A companhia divulgou um comunicado nessa quinta-feira no qual afirma que 15 bilhões — sim, com b mesmo — foram feitos na loja de aplicativos. Nenhuma loja concorrente está sequer próxima de repetir este feito.

“Obrigado a todos os nossos maravilhosos desenvolvedores que a preencheram [App Store] com mais de 425 mil dos mais bacanas aplicativos e aos nossos mais de 200 milhões de usuários do iOS por ultrapassarem os 15 bilhões de downloads”, escreveu Phil Schiller, VP de Marketing da Apple, em comunicado.

Pela primeira vez, a Apple admite publicamente que o número de apps para iPad ultrapassou a marca de 100 mil, outro marco importante que foi comemorado no fim de junho — depois que um site independente que cobre notícias da empresa fez a descoberta.

Minha maior curiosidade com relação à App Store é a proporção de downloads de apps gratuitas para cada app paga. Durante a WWDC 2011, foi mostrado um cheque de US$ 2,5 bilhões endereçado aos devs do iOS, pois esse é o valor gerado por eles desde que a App Store foi criada. Temos a dimensão do sucesso dos apps pagos, mas não a dos apps grátis.

Fonte: Tecnoblog

► Leia mais...

Gateway anuncia novos laptops


A Gateway anunciou nesta semana nos Estados Unidos o lançamento de três novos laptops, o ID47, NV55 e o NV57.

O ID47 (US$ 700) possui tela de 14 polegadas, processador Intel Core i (segunda geração), drive de DVD, suporte para Wi-Fi 802.11b/g/n, webcam, som Dolby Home Theater v4, conectividade USB 3.0, saída HDMI e bateria com duração de até 8 horas.


Gateway ID47

Já o NV55 (US$ 529,99) e o NV57 (US$ 529,99) possuem tela de 13.3” e 15.6”, respectivamente, e especificações bem similares. Ambos possuem tela com resolução de 1366 x 768, Wi-Fi 802.11b/g/n, uma porta USB 3.0, saída HDMI, webcam com 1.3 megapixels e bateria com duração de até 4 horas.

A principal diferença entre eles é que o NV55 vem equipado com uma APU da linha AMD A-Series, enquanto que o NV57 vem com processador Intel Core i (segunda geração).

Os três já estão disponíveis nos EUA.

Fonte: Baboo
► Leia mais...

Youtube está testando um novo visual para o site


Depois do próprio site do Google, do Google Agenda, do Gmail e outros serviços entrarem na onda do minimalismo que existe no Google+, outro site importantíssimo para a empresa está mudando de cara e ganhando um ar mais limpo e sofisticado, o Youtube.

O anuncio foi feito hoje (7), no blog oficial do Youtube, e o nome que o projeto recebeu é de Cosmic Panda. Para dar uma olhada no que o pessoal do Youtube está trabalhando, clique aqui e depois em “Try it out!”. O site inteiro foi remodelado, dos vídeos que estão sendo exibidos na tela, playlists, canais e até a busca por outros vídeos ficou mais limpa.

Os comandos do vídeo para pausar, mudar resolução estão no mesmo lugar. A maior mudança está no fundo da tela onde o vídeo é reproduzido, que agora está mais escuro e todos os comandos acompanham esta mudança de cor. Há também uma nova opção para tamanho da tela do vídeo, que fica no canto direito da janela.

Um botão novo de Música foi adicionado ao lado da barra de busca por vídeos, e por ele você consegue ter acesso a clipes musicais ou vídeos relacionados a artistas e cantores. Se você não gostar deste visual e quiser voltar para o antigo, basta entrar no mesmo link que colocamos acima e depois em “older version”. Nós achamos esta versão extremamente mais agradável aos olhos e simples de entender. E vocês?

Ah, aproveitando o assunto do Youtube de cara nova, lembro vocês que nós temos um canal lá no Youtube em que – geralmente – os vídeos que são publicados aqui no site vão antes para lá. Ou as vezes, vão só pra lá! Então para ficar de olho no que vai rolar por aqui ou ver os vídeos exclusivos do nosso canal, clique aqui e acesse a nossa conta no Youtube. Para saber o que realmente há de novo, aproveite para se inscrever no canal =D

Fonte: Techguru

► Leia mais...

Hotmail completa 15 anos


O Hotmail completou nesta semana, 15 anos, contando com mais de 360 milhões de usuários.

O Hotmail foi lançado em 4 de julho de 1996, criado pelo indiano Sabeer Bhatia e seu amigo Jack Smith, o serviço começou a crescer e a despertar o interesse de muitos, e acabou sendo vendido para a Microsoft em dezembro de 1997.

A partir dai o serviço não parou de crescer e de receber novidades, atualmente o serviço é chamado de Windows Live Hotmail e conta com mais de 53 milhões de usuários Brasileiros e mais de 360 milhões pelo mundo.

A Microsoft comemorou a data em seu blog, “Este é um grande marco para nós, e achamos esse um bom momento para olhar para trás, e avaliar como algumas das nossas recentes mudanças estão sendo usadas. Os primeiros 15 anos foram bastante atribulados, em especial 2010. Este ano, já tivemos sete lançamentos - cada um preenchido com recursos novos”


Fonte: Guiky
► Leia mais...

Marcas Blogger e Picasa podem acabar

quarta-feira, 6 de julho de 2011


Objetivo seria mudar o nome de todos os serviços e colocar a palavra “Google” no começo

Blogger e Picasa são dois dos produtos mais importantes do Google atualmente

Blogger e Picasa são dois dos produtos mais importantes do Google atualmente

As marcas blogger e Picasa podem estar com os dias contados. Segundo apurou o site Mashable, o Google pretende mudar o nome de todos os serviços que não comecem com a palavra “Google” dentro de até um mês e meio.

O objetivo seria unificar a marca para o lançamento público do Google+, a nova rede social da gigante da internet. Sendo assim, os serviços de blogging e de armazenamento de fotos da empresa não estão sendo abandonados. Ao invés disso, a empresa pretende renomear o blogger para “Google Blogs” e o Picasa para “Google Photos”.

Não é a primeira vez que o Google promove esse tipo de mudança. Outras companhias compradas pelo gigante já tiveram suas marcas modificadas. A plataforma GrandCentral, por exemplo, virou Google Voice em 2009.

Blogger e Picasa também são dois produtos adquiridos pela gigante, apesar de terem sido comprados a mais tempo. O Picasa foi adquirido em 2004 e o Blogger em 2003.

Fonte: MSN Tecnologia

► Leia mais...

Netflix chega ao Brasil ainda em 2011


A Netflix anunciou nesta semana em seu blog oficial que expandirá suas operações para 43 países na América Latina e para o Caribe.

Antes restrito apenas aos EUA, o popular serviço de aluguel e streaming de filmes e séries iniciou suas operações no Canadá em 2010.

Segundo o anúncio oficial da empresa, o serviço começará a oferecer conteúdo em espanhol, português e inglês no México, América Central, América do Sul e Caribe até o final deste ano.

Usuários brasileiros que quiserem ser notificados sobre a disponibilidade do Netflix podem se cadastrar
neste site.


Fonte: Baboo
► Leia mais...

Óculos hi-tech para cegos


Óculos hi-tech para cegos.

Óculos biônicos desenvolvidos pela Universidade de Oxford em breve poderão ajudar muitas pessoas cegas a ‘enxergarem’. Os óculos inteligentes usam pequenas câmeras e um computador que alertam para objetos e pessoas próximas. As informações são do jornal Daily Mail.

Os óculos tornarão mais fácil para os deficientes visuais visitarem um shoppings ou andar em trens lotados, por exemplo. O novo dispositivo permitirá ainda que os usuários leiam com mais facilidade números de ônibus e veja melhor as telas de caixas.

As câmeras captam as informações e enviam para o computador, que pode ser um telefone móvel, no bolso do usuário. O computador processa, identifica e simplifica os pontos. Os LEDs das lentes iluminam essas informações e as mostram ao deficiente nos óculos. Alguns códigos poderão indicar se uma pessoa está à frente ou um objetivo está próximo e em qual direção.

Se os testes derem certo, os óculos poderão ser vendidos já em 2014. Segundo o Daily Mail, eles seriam adequados para os 300 mil britânicos cegos. Os mais beneficiados seriam os idosos.

Outras tentativas similares resultaram em óculos muito escuros com computadores muito grandes.

O preço deve ser inferior a mil libras (ou menos que R$ 2,5 mil). O Doutor em Neurociência e pesquisador do projeto, Stephen Hick, está otimista quanto ao futuro das novas lentes. “É gratificante pensar que nós seremos capazes de produzir isso por um custo que disponibilizará a tecnologia para a maioria das pessoas”, afirmou Hick. A pesquisa é financiada pelo governo do Reino Unido.

Fonte: Lazer Tecnologia

► Leia mais...

Facebook bloqueia plugin do Chrome que exporta os contatos da rede social


Em uma tentativa de não ver uma leva de usuários saindo da rede social de Mark Zuckerberg e indo para outros lugares, o Facebook bloqueou o acesso de um plugin do Google Chrome que extraia a lista de contatos e informação sobre eles e levava para outro lugar, para o Google+, por exemplo.

O plugin, chamado de Facebook Friend Explorer, foi desenvolvido por Mohamed Mansour e é capaz de levar toda a sua lista de contatos do Facebook para qualquer outra rede social, ou até para a nova Google+. Os contatos ficam salvos em um arquivo CSV ou vão direto para os contatos do Google, que você tem acesso pelo Gmail. Mansour disse na página do plugin que o Facebook removeu os e-mails de seus contatos em sua lista de amigos no Facebook e isso implica na falha do plugin na hora de levar os contatos para outro lugar.

Este bloqueio pode ser levado em conta no que há escrito em uma das partes do termo de serviço do Facebook, onde está: “Você não vai coletar informações ou dados de seus contatos, ou acessar o Facebook, usando métodos automatizados sem nossa permissão”.

Fonte: Techguru

► Leia mais...

Google encerra resultados em tempo real no buscador


Google encerrou nesta segunda-feira (4) o serviço Realtime, que exibia os resultados da busca em tempo real.

Segundo o porta-voz da empresa, o motivo foi o fim do acordo com o Twitter. "Desde outubro de 2009, tivemos um acordo com o Twitter para incluir suas atualizações nos resultados de pesquisa através de um feed especial, e esse acordo expirou em 02 de julho. Enquanto nós não temos acesso a este feed especial do Twitter, as informações públicas continuaram a ser indexadas ​​e encontradas no Google"

Mas a companhia prometeu restaurar o serviço em breve, desta vez com resultados da sua nova rede social, Google+.




Fonte: Guiky
► Leia mais...

Google bloqueia aplicativo que migra dados do Orkut para Facebook


Aplicativo Migrakut foi bloqueado pelo Google. Segundo a empresa, ferramentas automáticas não são permitidas (Foto: Reprodução)
Aplicativo Migrakut foi bloqueado pelo Google.
Segundo a empresa, ferramentas automáticas
não são permitidas (Foto: Reprodução)
O Google bloqueou o aplicativo MigraKut utilizado por usuários do Orkut para migrar o conteúdo do site para o Facebook. Segundo o criador da ferramenta, o brasileiro Rafael Zanoni, o bloqueio começou entre 16 e 17 de junho.

Lançado em março deste ano, o Migrakut atingiu a marca de 1 milhão de usuários em 14 de junho. Ao ser instalado no Facebook, o aplicativo permitia transferir os álbuns do Orkut para a rede social criada por Mark Zuckerberg.

Na terça-feira (5), o Facebook havia bloqueado uma ferramenta que permitia aos usuários exportarem seus contatos para o Gmail. Chamado de Facebook Friend Exporter, o programa, que é uma extensão do navegador Chrome, era usado por usuários da rede social Google+ para recriar sua rede de contatos.

O Google confirmou ao G1 que não permite que usuários utilizem ferramentas automáticas para retirar conteúdo. No entanto, Zanoni alega que o Migrakut não removia o conteúdo do Orkut. “O aplicativo copiava os dados e transferia para o Facebook, para que o usuário tivesse as fotos nas duas redes. Além disso, a ferramenta não era automática, já que as pessoas precisavam selecionar as fotos antes da transferência”, explicou.

O Google ainda disse que mantém ferramentas on-line para que seja possível que cada internauta remova seus dados de qualquer plataforma do Google. “O Google acredita que os dados confiados a suas plataformas pertencem aos usuários. Ou seja, o internauta tem toda liberdade de retirar suas informações a qualquer momento”, explicou a companhia.
Fonte: G1
► Leia mais...

Como melhorar o uso do e-mail

segunda-feira, 4 de julho de 2011


Como melhorar o uso do e-mail. Veja algumas dicas do empresário Chris Anderson, criador da série de conferências TED que prometem melhorar a trpoca de mensagens entre internautas, além de esvaziar boa parte das caixas do e-mail.

1 – Respeite o tempo do destinatário
Essa é uma regra fundamental. Como remetente da mensagem, o ônus está em você minimizar o tempo que o seu e-mail será processado, mesmo que isso leve mais tempo para você finalizar a mensagem antes de enviar.

2 – Curto ou lento não é rude
Dada a quantidade de e-mails que todos nós recebemos, não há problema se as respostas demoram um pouco para chegar ou se elas não dão detalhes para todas as perguntas.

3 – Celebre a clareza
Comece com uma linha que claramente indique o que é o assunto e que inclua uma categoria de status: (info) ou (baixa prioridade). Use sentenças rápidas e sem enrolção. Se o e-mail precisa ter cinco frases, tenha certeza que a primeira mostrará o motivo principal da mensagem. Evite fontes e cores estranhas.

4 – Evite perguntas abertas
Perguntas abertas como “Como eu posso ajudar?” podem não ser muito úteis. Generosidade em um e-mail requer simplificação, perguntas fáceis de responder. “Eu poderia ajudar melhor a) ligando b) visitando ou c) ficando fora disso?”.

5 – Excedente de CC (“com cópia”)
CCs são como coelhos em acasalamento. Para cada destinatário que você adiciona, você está dramaticamente multiplicando o tempo total de resposta. Quando há múltiplos destinatários, por favor, não use o padrão “Responder para Todos”. Talvez você precise copiar apenas algumas pessoas que estão na mensagem original.

6 – Diminua o assunto
Alguns e-mails precisam que seu significado seja entendido em um contexto. Mas é raro que um assunto precise ser estendido para mais que três e-mails. Antes de enviar, corte o que não é relevante. Ou considera fazer uma ligação.

7 – Ataque os anexos
Não use arquivos gráficos como logos e assinaturas que parecem estar anexados. Os usuários gastam tempo na tentativa de ver se há algo que precisa ser aberto. Pior é enviar um texto em um arquivo em anexo quando ele poderia ter sido enviado no corpo do e-mail.

8 – Dê esse presente: “FDM NPDR”, “final da mensagem; não precisa de resposta”
Se o seu e-mail pode ser entendido em algumas palavras,coloque isso no título da mensagem seguido pela sigla FDM (final da mensagem). Isso poupa o tempo do destinatário de abrir a mensagem. Acabar um texto com “Não precisa de resposta” é um incrível ato de generosidade.

9 – Corte respostas sem conteúdo
Você não precisa responder cada e-mail, especialmente aqueles que já foram respondidos claramente. Um e-mail dizendo “Obrigada pelo seu recado. Estou por dentro” não precisa ser respondido por um “Ótimo”. Isso só custa para a outra pessoa 30 segundos.

10 – Desconecte-se
Se todos nós queremos gastar menos tempo lendo e-mails, iremos receber menos e-mail. Considere agendar alguns dias no trabalho que você não precise se conectar. Ou faça um acordo com você mesmo para não ver os e-mails no final de semana.

Fonte: Lazer Tecnologia

► Leia mais...

 
© 2009 | MALINUS | Por Templates para Você