Kindle Fire vira alvo de processo

quarta-feira, 12 de outubro de 2011


Exatos 13 dias depois de ser anunciado por sua empresa-mãe Amazon, o tablet Kindle Fire finalmente enfrenta seu primeiro processo por quebra de direitos autorais.

Kindle Fire

Kindle Fire

A ação foi movida por uma empresa chamada Smartphone Technologies, companhia que pertence a um tal Acacia Research Group e que aparentemente se ganha a vida registrando patentes para dispositivos móveis e então cobrando grandes empresas por uso indevido de suas tecnologias intelectuais nos tribunais.

O processo só foi protocolado depois que a Amazon se recusou a pagar tributos por conta de “inovações” como uso de tela sensível ao toque ou da ação de clicar sobre um ícone para abrir um aplicativo, que a tal da Smartphone Technologies jura de pés juntos serem sua propriedade intelectual.

Outros motivos que levarão as empresas aos tribunais são um “sistema e método de exibição e manipulação de múltiplos calendários em um assistente pessoal digital” e a patente de um “software que faz com que o aparelho tenha alguma reposta quando alguém escreve em sua tela”.

Autêntica representante das chamadas patent trolls – companhias que pretendem fazer algum dinheiro fácil às custas de inovações alheias –, a Smartphone Technologies também tem processos contra a Apple, Microsoft e RIM nos EUA.

Fonte: Tecnoblog

 
© 2009 | MALINUS | Por Templates para Você