Por que o Windows 7 é o sistema operacional mais vendido na história da computação?

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011



reprodução/Microsoft
win7
Lançado em outubro de 2009 para o público, o Windows 7 chegou arrasando quarteirões. Em pouco menos de 2 anos no mercado, ele já roda em metade dos computadores brasileiros. E, no geral, as críticas também foram bastante positivas, já que o Windows 7 trouxe muitas melhorias em relação à versão anterior - o Windows Vista.

Com o sistema operacional, você pode fazer tudo aquilo que gosta em um computador: acessar a internet, conversar por mensagens instantâneas, ouvir músicas e visualizar fotos. Mas, para que tudo funcione bem para você, sem demoras ou travamentos, vários recursos foram adicionados à versão. Conheça alguns deles:

Instale o que quiser, quando quiser
O Windows 7 é um dos poucos sistemas operacionais capazes de instalar, automaticamente, qualquer peça de hardware que você queira utilizar, em questão de minutos. Um mouse USB, teclado, pen drive, o cabo do seu celular – todo componente extra que entre em contato com o Windows 7 é automaticamente instalado. Em caso de uma falha, o próprio sistema procura, via internet, os drivers necessários para que aquele acessório funcione perfeitamente.

Inquebrável
No caso do Windows 7, a estabilidade de sua estrutura foi uma preocupação primária da Microsoft. A vantagem desse sistema sobre o Vista é o fato dele rodar diversas aplicações – pesadas, inclusive – sem ter uma queda drástica de performance. É possível, ao mesmo tempo, montar uma playlist e deixar as músicas em reprodução constante, enquanto se edita imagens e se visita aquele site recheado de animações– tudo isso sem que esses programas parem de responder.

Sempre online
Lembra de quando, na época da conexão discada, diversas vezes seu acesso à internet caía e o navegador, em decorrência disso, parava de responder? Você era obrigado a abrir o gerenciador de tarefas (o famoso “CTRL + ALT + DEL”) e manualmente fechar seu navegador, reiniciar a conexão, abrir novamente o navegador – além de torcer para que tudo se mantivesse estável.

Bom, você está em 2011 e, ainda bem, as coisas evoluíram de lá para cá. Nossa conexão não é mais discada (embora pareça, em alguns casos), e a internet sem fio já está se tornando uma constante na vida do usuário comum.

E como você percebe isso? Bem, o Windows 7 consegue identificar e conectar-se a qualquer tipo de rede. Mais ainda: ele pode trocar de conexão – quando identificar mais de uma – ao perceber que seu acesso padrão caiu. Isso é especificamente interessante para profissionais que necessitam de conexão constante com a internet, para ações como fazer upload de material dentro de um FTP.

Cinema em casa
Uma estação de entretenimento multimídia, com reprodução em qualidade digital de áudio e vídeo? Sim, o Windows 7 faz. E mais ainda: graças ao reconhecimento simplificado de periféricos, conectar o PC à TV não lhe causa nenhuma dor de cabeça. Um cabo RGB (ou HDMI, se falarmos de um notebook com essa entrada) lhe conferem horas de entretenimento com filmes e músicas disponíveis do sofá da sua casa.

Seja você um usuário mais aficionado pela tecnologia ou alguém que só sabe usar a internet para ler e-mails, o Windows 7 tem a solução que você precisa para tirar o máximo do seu computador pessoal.

Para saber mais, acesse www.windows7.com.br.

Fonte: Olhar Digital

 
© 2009 | MALINUS | Por Templates para Você